Crônicas de Outro Mundo – “A Loira do Banheiro”

Cresci como qualquer outra criança dos anos 90, brincava na rua e dava o maior valor no relacionamento com as outras crianças da vizinhança, eu tinha vários amigos, apesar de ser recém-chegada na cidade fui muito bem acolhida, por isso sempre digo que minha alma pertence a São Paulo mas meu coração é de Minas […]